Sítio São João se torna ‘vila’ e traz novidades no São João de Campina Grande

A Vila São João é uma das novidades do São João 2018 de Campina Grande. O projeto, que antes era conhecido como Sítio São João e funcionava no Catolé, agora está no bairro Dinamérica. Além das mudanças de nome e local, na construção da nova vila vai contar com novidades na finalização da estrutura, para receber turistas durante o fim do mês de maio e todo o mês de junho na cidade.

O idealizador do antigo Sítio São João, o vereador João Dantas, afirma que a nova estrutura da Vila São João terá três engenhos; casa de farinha; artesanato; produção e degustação de caldo de cana, cachaça, rapadura e alfenim; tipografia, fotos lambe-lambe, difusora, exposição de cordel; teatro de mamulengo; igreja principal com pátio; capela; lago; e dois palcos.

Outra novidade que a edição deste ano trará ao público é o Museu Iconográfico do Cangaço, que contará com uma exposição de fotografias e conteúdos exclusivos que pertencem ao próprio idealizador do evento. Segundo ele, são fotos do cangaço, algumas que nunca foram publicadas; entrevistas feitas com vários cangaceiros quando estavam vivos; e fatos que aconteceram envolvendo personagens do cangaço como volantes e coiteiros.

A nova Vila São João fica na avenida Floriano Peixoto, em uma área próxima ao ginásio O Meninão, no bairro Dinamérica, em Campina Grande. Ainda de acordo com o idealizador, a mudança aconteceu porque o proprietário do terreno, onde o sítio era montado, não quis renovar o contrato de aluguel.